Quem nunca teve ou tem ansiedade de algo que está prestes a acontecer? E que você está desejando há muito tempo. Segundo a Psicóloga clínica especialista em Gestalt-Terapia, Christiane Rodrigues, a ansiedade é normal, é aquilo que todos têm, pois ela nos impulsiona, nos anima, cria estímulos para se desenvolver aquilo que foi planejado, faz com que crie expectativas nos sonhos que deseja.

Porém, aquela ansiedade que atrapalha no seu psicológico, com caráter de preocupação, trazendo uma angustia, sensações ruins, é algo para ser pensado. Pois isso pode gerar um certo desconforto, tornando-se uma ansiedade ruim, fazendo com que a pessoa tenha ansiedade para tudo.

De acordo com a Psicóloga, existe vários fatores que influenciam na ansiedade, seja do trabalho, relacionamento, estudo e outros. A pressão é uma das principais causas, devido a ser pressionado a entregar determinadas coisas dentro do tempo em que foi solicitado, seguido também por estresse, raiva, medo, o qual gera a ansiedade.


Christiane faz um alerta sobre as consequências que a ansiedade pode provocar, principalmente como sintomas psicológicos, comportamentais e físicos. Os sintomas psicológicos são os sintomas psíquicos, mentais, quando a pessoa fica em fadiga, fazendo com que fique angustiada, e emocionalmente a pessoa vai ficando abalada.


"Quanto mais a pessoa desenvolve pensamentos negativos, mais ansiosa ela fica e com mais medo ela irá ficar. E consequentemente, os medos que vem na nossa mente provoca e gera sentimentos como insegurança, impotência, decepção, sentimentos ruins com relação a você mesmo, de se sentir fraco, de não conseguir realizar algo novamente, isso tudo vai se misturando", explica.

Maria Natália, formada em Serviço Social, sofre de ansiedade, ela argumenta que já ocorreu várias crises. "Uma das experiências que eu tenho é horrível, é quando estou em um lugar e do nada começo a ficar com medo de passar mal e ninguém me socorrer, mesmo tendo gente do meu lado. Parece que vou desmaiar e ter um ataque cardíaco. Mas estou ciente que ela é assim, e preciso evitar tudo que a estimula", diz.

Ansiedade não é algo simples como parece, ela pode desencadear uma serie de complicações físicas, para a psicóloga, a principal é a falta de ar, o organismo precisa ser inteligente o suficiente para desenvolver e aproveitar o oxigeno que está dentro do corpo, dispensando este oxigeno por todo o corpo por meio da corrente sanguínea, se não chega no momento correto, na região pré-frontal do cérebro irá desenvolver tontura, e se não chega na região occipital do cérebro irá desenvolver visão turva, e nas extremidades desenvolve calafrios, boca seca, formigamento, dores no corpo, dores de cabeça e sensação de desmaio.

"Seja o transtorno que for, que a pessoa desencadeou de ansiedade tem cura, é passível de tratamento, mas para isso ela precisa acreditar que o que está sentindo precisa de ajuda. Ao mesmo tempo que diminui o intervalo de tempo entre uma crise de ansiedade e outra, aumenta a intensidade dos sintomas. Aumentou a intensidade dos sintomas e diminuiu o intervalo de tempo, corre e procure ajuda", explica a psicóloga.

É preciso verificar os sintomas, se a crise de ansiedade tiver mais dos cinco sintomas relatados acima, é necessário que procure um profissional habilitado, como um terapeuta, pois a terapia pode ajudar a realizar um tratamento adequado, podendo controlar as crises de ansiedade.



Autor: Raquel Lima
Fonte de imagem : Google